Publicado em 29/03/2012 às 14h43, atualizado 29/03/2012 às 18h26

Vigilância Sanitária apreende medicamentos de comercialização proibida

Por Alexandra Soares/Comunicação Prefeitura

PORTO SEGURO - A Vigilância Sanitária de Porto Seguro (VISA) notificou uma farmácia no centro da cidade, onde encontrou em comercialização os medicamentos Cytotec e Pramil, de uso restrito às unidades hospitalares.

A denúncia foi feita pela Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental (Divisa), da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, e comprovada por uma equipe da VISA, que flagrou a venda desses medicamentos. Com o funcionário da farmácia foram encontradas 04 cartelas de Cytotec e 06 de Pramil. O material foi apreendido e o funcionário da farmácia conduzido à Delegacia de Polícia Civil, que instaurou inquérito por contrabando.

A pena para este tipo de crime, previsto no artigo 273 do Código Penal, varia de 10 a 15 anos de prisão, mais pagamento de multa.

Motivo da apreensão

De acordo com o coordenador da Vigilância Sanitária de Porto Seguro, Paulo Granha, o Cytotec (misoprostol) é um medicamento utilizado no tratamento de úlceras. É de uso exclusivo em unidades hospitalares, com acompanhamento rigoroso por médicos. Por apresentar efeitos colaterais adversos como hemorragias e aborto induzido, o uso indiscriminado pode provocar uma série de complicações, como infecções e até à morte. Já, em relação ao Pramil (sildenarfina), trata-se de um medicamento que não possui registro no Ministério da Saúde, portanto sua comercialização é ilegal dentro do território nacional. Conhecido pelas suas propriedades de estimulante sexual, também pode provocar reações adversas.

O acesso aos medicamentos diminuiu após a proibição da comercialização. Mas, segundo a VISA, a fabricação clandestina, principalmente em países da América Latina, estimulam preços baixos e o consumo indiscriminado. 

PUBLICIDADE
 
AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

Newsletter RADAR 64
Receba nossas notícias por e-mail
Aceito receber e-mails do RADAR 64 e parceiros
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Você já receberá nosso próximo envio.
Clique aqui se quiser cadastrar mais um e-mail.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RADAR64 2007 - 2014

Mensagem enviada com sucesso!

Sua mensagem foi enviada ao RADAR 64 e responderemos a ela o mais breve possível.

O RADAR 64 agradece o contato,

Logo RADAR64

Caro visitante,

Nós do RADAR 64, disponibilizamos este canal de comunicação direto entre você e a nossa redação para atendê-lo da melhor forma possível.

Suas dúvidas, críticas e sugestões são elementos importantes para o aperfeiçoamento e qualidade do nosso portal de notícias.

Preencha o formulário desta página ou entre em contato através das opções descritas abaixo.