Mais de 30 veículos estouram os pneus em crateras na BR-367

Dnit informa que chuvas impedem início da operação tapa buracos

.
Redação RADAR 64
Publicado em 05/12/2018 às 10h04

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE
PORTO SEGURO - A situação da BR-367, rodovia que liga Eunápolis aos municípios de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, só se agrava por causa das chuvas dos últimos dias na região. Buracos surgem por toda a parte, complicando a vida de quem utiliza a estrada.

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na noite de terça-feira (05), duas crateras (uma em cada faixa) surgiram nas proximidades do campus da Universidade Federal do Sul da Bahia, em Porto Seguro, provocando danos em mais de 30 carros e motocicletas. Os veículos tiveram os pneus estourados.

Para alertar os usuários sobre os perigos da estrada, um morador gravou um vídeo e distribuiu nas redes sociais. As imagens mostram os carros parados no acostamento.

TEXTO SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO
Como medida paliativa, agentes da Polícia Rodoviária Federal levaram cascalho até o local. O material foi usado para fechar os buracos. "Mas isso não suporta dois dias de chuva", alertou um policial.

Foto: RADAR 64  
Para evitar novos acidentes, PRF fechou buracos com cascalho; Trabalho feito pela PRF não dura dois dias

O coordenador regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Aldo Apolônio, informou ao RADAR 64 que a operação tapa buraco era para ter começado no início da semana, mas as chuvas não permitiram.

"Utilizamos nos reparos um material quente, composto de areia, pó e brita. Mas as chuvas deixam o produto úmido. Uma segunda opção seria o emprego de uma massa fria, que não resolveria o problema em longo prazo", explicou Apolônio.

Situação parecida aconteceu há uma semana, na mesma rodovia, em um trecho que fica a 10 quilômetros do centro de Eunápolis. Oito carros também estouraram os pneus ao passar por um enorme buraco.

"Quando as chuvas cessarem, vamos percorrer todo o trecho, fechando todos os buracos", finalizou o coordenador do Dnit.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018