Trancoso

Criança estrangeira é violentada e jogada em rio

Publicado em 22 / 02 / 2009 às 10h44
Compartilhe
Por Hugo Santos

PORTO SEGURO - Uma garotinha neozelandesa de três anos e onze meses foi violentada e brutalmente assassinada em um condomínio de luxo de Trancoso, no município de Porto Seguro. 

Cloé Muratori Paroti, informa a Delegacia de Proteção ao Turista, foi submetida a todas as formas possíveis de abuso sexual e, após ser asfixiada, foi jogada ainda com vida no Rio da Barra.

A delegada Teronite Bezerra disse que o autor do homicídio qualificado, com requintes de crueldade, já está preso. Trata-se de Luzinê Araújo Santos, 25 anos, funcionário do condomínio, que confessou o crime e já teve a prisão preventiva decretada pela justiça.
 

PUBLICIDADE
 
AVISO: O conteúdo de cada comentário nesta página é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Leia termos de uso

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

PUBLICIDADE