Detento morre após ser espancado no presídio de Eunápolis

Ele era de Porto Seguro e cumpria pena por tráfico de drogas

Redação RADAR 64
Publicado em 09/02/2016 às 20h47
Fotos: Arquivo/RADAR 64
O detento foi espancado até a morte dentro de uma cela do presídio de Eunápolis

A polícia investiga a morte do detento Romerito Campos de Almeida, 30 anos, que cumpria pena no presídio de Eunápolis. Na tarde desta terça-feira (09) ele foi espancado por outros presos dentro de uma cela.

Imagens do circuito interno do presídio mostram os agressores entrando na cela onde Romerito estava. Segundo a polícia, todos os envolvidos na confusão foram identificados e serão ouvidos. "Queremos saber até aonde vai a participação de cada um deles no crime", disse um policial.

Após ter sido morto, Romerito foi arrastado para o pátio, onde agentes de disciplina teriam ouvido os presos falarem que ele seria um 'talarico'. "Na gíria dos bandidos, isso se refere a alguém que se envolveu com a mulher de outro", frisou o agente.

Após a realização da perícia na cela onde aconteceu o crime, a Polícia Técnica liberou o corpo para ser necropsiado no Instituto Médico Legal. Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil para apurar o assassinato.

CONDENADO POR TRÁFICO

Romerito tinha sido condenado pela justiça de Porto Seguro por tráfico de drogas. Ele havia sido preso há dois anos, juntamente com outras duas pessoas, na orla norte da cidade, com 13 quilos de cocaína.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018