Eunapolitana Camila do Acarajé está desaparecida há uma semana na Itália

Morando há 20 anos na Europa, ela saiu pra trabalhar e não voltou

Redação RADAR 64
Publicado em 09/07/2018 às 09h25
Foto: Arquivo pessoal 
Camila é muito conhecida em Eunápolis; amigos e familiares se mobilizam nas redes sociais

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE
A travesti eunapolitana Camila Versace, de 44 anos, mais conhecida como Camila do Acarajé, está desaparecida há seis dias na Itália, onde mora há quase 20 anos.

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo familiares, Camila reside com uma amiga na cidade de Marina di Montemarciano e teria saído para trabalhar na última terça-feira (03), por volta das 22h.

“Ela não chegou ao trabalho e não apareceu mais em casa. Até dois dias atrás o telefone dela ainda chamava, mas agora só dá fora de serviço”, disse a irmã de Camila, Edivânia Santos, em entrevista ao RADAR 64.

TEXTO SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO
A polícia italiana já iniciou as investigações para descobrir o paradeiro da brasileira. A amiga dela já foi ouvida e não soube dar mais informações que pudessem ajudar na localização.

Foto: Reprodução  
Desaparecimento de Camila foi noticiado na imprensa italiana

A irmã contou ainda que Camila nunca deixou de dar notícias aos familiares em Eunápolis, onde ainda mantém um ponto de venda de acarajé, no Pequi, que é administrado por familiares.

“Sou eu que administro os negócios dela aqui. Sempre que ela vai viajar para algum lugar onde não há comunicação, ela nos avisa antes. Ela é muito responsável. Estamos preocupadas”, contou Edivânia.

Segundo a irmã, este ano Camila passou três meses em Eunápolis, com a família. Ela retornou para a Itália no último dia 16 de junho.

Os jornais italianos já noticiaram o desaparecimento de Camila. “Hoje uma amiga está chegando da Itália e vai nos trazer a ocorrência da delegacia de lá. Soube que a polícia vai tentar rastrear o número do telefone celular dela”, afirmou Edivânia.

Nas redes sociais, vários amigos de Camila, no Brasil e na Itália, compartilham a sua foto tentando ajudar nas investigações.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018