Trabalhador rural morre eletrocutado durante colheita de açaí em Porto Seguro

Ele tinha 37 anos e tocou na rede de alta tensão com ferramenta

Redação RADAR 64
Publicado em 14/09/2018 às 08h26
Foto:  
Gabriel Santos, de 37 anos, tocou na rede elétrica enquanto colhia açaí

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE
PORTO SEGURO - Um trabalhador rural de 37 anos morreu eletrocutado, por volta das 17h de quinta-feira (13), em uma fazenda localizada na região do bairro Taperapuã, em Porto Seguro.

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a polícia, Gabriel Miguel dos Santos colhia açaí e acabou encostando a vara em um cabo da rede de alta tensão.

Ele ainda foi socorrido por outros funcionários da fazenda e levado para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, mas não resistiu à descarga elétrica e evoluiu para óbito.

TEXTO SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO
Foi o segundo caso de acidentes com rede de alta tensão em cinco meses na mesma fazenda. Em maio, o lavrador Leandro Oliveira de Assis também morreu eletrocutado ao encostar a vara para podão – instrumento utilizado para cortar cachos de açaí – na rede de energia que alimenta as bombas de irrigação da fazenda onde trabalhava. 

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o acidente. A reportagem ainda não conseguiu falar com a direção da fazenda, para saber se os trabalhadores usam algum tipo de equipamento de proteção individual e sobre sua política de segurança.

Gabriel era natural de Belmonte, mas morava em Porto Seguro. Ele deixa mulher e um filho de 16 anos.

WhatsApp do RADAR 64: (73) 98844-0216.
Adicione nosso número e envie vídeo, foto ou apenas o seu relato. Dica importante: grave ou fotografe sempre com o celular na horizontal (deitado). Sua sugestão será apurada por um repórter. Participe!

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018