Índios seguem bloqueando BR-101 em Itamaraju desde o começo da manhã

Eles condicionam liberação da rodovia à demissão de coordenadora de Saúde Indígena

Por Redação RADAR 64
Publicado em 19/06/2017 às 14h59
Foto: Internauta / RADAR 64, por meio do WhatsApp  
Índios estão liberando a pista de 20 em 20 minutos, buscando diminuir o engarrafamento

TEXTO SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIOS

ITAMARAJU - Já dura mais de seis horas o bloqueio feito por índios da aldeia indígena Pataxó Trevo do Parque, no km 794 na BR-101, próximo à entrada para o Parque Nacional do Monte Pascoal, em Itamaraju, extremo sul baiano. Desde o fim da manhã, os índios estão liberando a pista de 20 em 20 minutos, buscando diminuir o engarrafamento que já se formou nos dois sentidos da rodovia.

Não conseguimos contato com a liderança indígena, mas, de acordo com informações da Polícia Rodoviária federal, que tenta desbloquear a estrada, os índios pedem a exoneração da coordenadora distrital de saúde indígena do Ministério da Saúde, Mônica Marapará.  Segundo a polícia, os índios denunciam falta de medicamentos, de pagamentos na área de saúde e dos salários dos professores.

TEXTO SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIOS
OUTRO LADO - No fim da manhã, a reportagem do RADAR 64 falou com a assessoria da coordenadora, em Salvador. Eles afirmaram que, até então, não estavam sabendo da manifestação e negaram que houvesse qualquer atraso de pagamento na área de saúde. “Temos todos os recibos dos repasses feitos”, garantiu a assessoria de Mônica Marapará, informando ainda que iria solicitar o apoio de representantes da coordenadoria em Itamaraju para tentar resolver o mais rápido possível o impasse e garantir a liberação da rodovia federal.

WhatsApp do RADAR 64: (73) 98844-0216.
Adicione nosso número e envie vídeo, foto ou apenas o seu relato. Sua sugestão será apurada por um repórter. Participe!

PÁGINA SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS