Jogadores e auxiliar técnico que agrediram árbitro de futebol são suspensos preventivamente

Decisão do Tribunal de Justiça Desportiva foi publicada na quinta-feira

Por Redação RADAR 64, com informações da FBF
Publicado em 08/09/2017 às 11h31
Foto: Reprodução / Esportenamidia  
Árbitro Leonardo Oliveira Carvalho foi agredido por jogadores da Seleção de Teixeira de Freitas no último domingo

TEXTO SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIOS

TEIXEIRA DE FREITAS - O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia, Hélio Menezes Júnior, publicou quinta-feira (7) a suspensão preventiva dos jogadores da Seleção de Teixeira de Freitas envolvidos no caso de agressão a um árbitro na partida contra Eunápolis, disputada no último domingo, na cidade teixeirense, pelo Campeonato Intermunicipal.

O pedido de suspensão preventiva foi oferecido pelo Procurador Geral do TJDF-BA, Ruy João Ribeiro Júnior, em razão da gravidade dos fatos. A suspensão consta no Artigo 35, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Por agressões ao árbitro Leonardo Oliveira Carvalho, foram suspensos por 30 dias os seguintes integrantes da Seleção de Teixeira de Freitas: Adelson Santos Vieira (atleta), Gabriel Soares Gomes (atleta), Bruno Neres Lemos (atleta), Bruno dos Reis N. Costa (atleta), Cosmo Queiroz Melgado (atleta), Rodrigo Novais dos Santos (atleta), Fabiano Queiroz Melgado (atleta), Juranilson dos S. Rocha (atleta), Dione Almeida Cerqueira (atleta) e Jeferson das Neves Senturion (auxiliar técnico).

A Seleção de Eunápolis venceu o jogo por 5 a 1 e garantiu classificação antecipada para a segunda fase do Intermunicipal. Teixeira de Freitas, com apenas um ponto marcado até agora, está matematicamente eliminada da competição e joga neste domingo (10) somente para cumprir tabela.

PÁGINA SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS