MEC suspende 27 faculdades brasileiras; duas instituições baianas estão na lista

Duas instituições baianas estão na lista

Por RADAR 64, com informações do BN e do MEC
Publicado em 19/06/2017 às 18h06

ANÚNCIOS

SANTA CRUZ CABRÁLIA - O Ministério da Educação (MEC) suspendeu as atividades de 27 instituições de ensino superior no Brasil. Na lista, publicada na edição desta segunda-feira (19) do Diário Oficial da União, aparecem duas unidades baianas: a Faculdade do Sertão (Uessba), com sede no município de Irecê, e a Faculdade de Ciências Médicas da Bahia, localizada na cidade de Porto Seguro, mas cujo endereço, conforme consta no contrato social, é de Santa Cruz Cabrália. A faculdade alega que teve que mudar a sede para Porto Seguro já há alguns anos, uma vez que seu prédio foi invadido por índios.

A Uessba também manteve uma unidade em Eunápolis até dezembro do ano passado, fechado devido a alguma irregularidade. Os alunos foram transferidos para outra instituição.

TEXTO SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIOS
IRREGULARIDADES - Segundo o secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Henrique Sartori de Almeida Prado, a medida foi tomada por conta de supostas irregularidades.

A decisão foi um desdobramento da CPI das Faculdades Irregulares, da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe), instalada após denúncia de grupo de estudantes pernambucanos.

Entre as investigadas pela CPI, estão venda de diplomas, classificação de cursos livres de extensão como cursos de graduação e terceirização da oferta de ensino.

De acordo com o MEC, as aulas continuam nas instituições. Apenas serão suspensos serviços administrativos, como pedidos de abertura de novos cursos, por exemplo. A pasta sustenta, ainda, que os alunos não serão prejudicados e destaca que o processo de investigação se encontra ainda em andamento.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS