Observação de baleias no litoral baiano é opção para atrair turistas na baixa estação

O estado possui oito pontos de avistamento do animal

Da Ascom / GovBA
Publicado em 31/07/2018 às 09h32
Foto: Elói Corrêa/GOVBA 

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE
O turismo de observação de baleias jubartes é uma das apostas para aquecer a atividade turística na Bahia durante o período de baixa estação. Entre os meses de julho e outubro, as baleias jubartes visitam o litoral baiano para o período de reprodução da espécie. O estado possui oito pontos de avistamento do animal, distribuídos entre Praia do Forte, Salvador, Morro de São Paulo, Itacaré, Barra Grande, Porto Seguro, Arraial D’Ajuda, Cumuruxatiba, Prado e Caravelas. A estimativa do Instituto Baleia Jubarte é que cerca de 20 mil animais visitem a costa baiana neste período.

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em parceria com operadoras de turismo, o instituto recebe na sede da instituição, em Praia do Forte, e também nos outros locais de ocorrência dos animais, turistas interessados em obter mais informações sobre as baleias e participar dos passeios de observação realizados em mar aberto. O Espaço Baleia Jubarte de Praia do Forte também expõe partes originais e réplicas de baleias. Antes de cada passeio é necessário participar de palestra com orientações técnicas sobre a atividade.

Foto: Elói Corrêa/GOVBA 

Galeria de Fotos

O secretário estadual de Turismo, José Alves, explica que a Bahia oferece ao visitante uma diversificação de atividades turísticas e, neste período de baixa estação, o avistamento de baleias é uma oportunidade de ampliar a ocupação hoteleira no estado, que atualmente chega a 60%. “A Secretaria de Turismo [Setur] tem feito um trabalho de divulgação do turismo de observação de baleias na Bahia, seja nas feiras de turismo, folhetos e outras formas de publicidade. A nossa intenção é atrair o turista interessado nessa atividade. Estamos realizando ações que buscam a diversificação da atividade turística no estado. O turismo hoje é também a oportunidade de oferecer uma experiência diferenciada, em que há a associação não somente da infraestrutura hoteleira, mas também gastronômica, entre outras áreas", afirma.

TEXTO SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO
Turismo responsável

Segundo o coordenador de atividades do Instituto Baleia Jubarte, Sérgio Cipolotti, além do turismo, a ação permite a coleta de dados sobre os animais e, neste período, a probabilidade de encontrar as baleias chega a 99%. “O instituto incentiva o turismo de observação de baleias, que traz um valor agregado à preservação desses animais. A gente trabalha com a conservação e o desenvolvimento de um turismo responsável e traz informação e educação ambiental para as comunidades onde há ocorrência das baleias. O trabalho que desenvolvemos é científico e também de fomento ao desenvolvimento socioeconômico das regiões”, destaca.

Foto:  Elói Corrêa/GOVBA  

Ainda segundo Sérgio, a maior área de concentração dos animais é no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, no sul da Bahia. A estimativa do instituto é de que cerca de 15 mil turistas visitem o litoral da Bahia para participar dos passeios de observação. Os passeios podem ser adquiridos diretamente nas agências de turismo cadastradas. Em Salvador, uma unidade está instalada no Porto da Barra.

A bióloga Luena Fernandes, do Projeto Baleia Jubarte, explica que as baleias escolhem o litoral da Bahia em função das águas quentes da região. “Os passeios de observação são realizados em média de duas a três horas de navegação. Neste período, nós procuramos os grupos de baleias, para que as pessoas conheçam as baleias no seu ambiente natural e observem seu comportamento".

Festa da Baleia Jubarte

Entre os dias 3 e 5 de agosto, em Praia do Forte, será realizada a 3ª Festa da Baleia Jubarte. A programação é composta por oficinas de capacitação para manejo de encalhe de baleias e golfinhos, campeonato de surf, entre outras atividades. A partir das 17h de sábado (4), será realizado um cortejo na vila da Praia do Forte, batizado de Baleia Elétrica, que inclui apresentação de Armandinho e convidados.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018
Observação de baleias no litoral baiano é opção para atrair turistas na baixa estação

AVISO IMPORTANTE

O conteúdo que você se dispõe a ver contém imagens fortes e que podem causar choque emocional. Esse conteúdo é dirigido especificamente para pessoas maiores de idade e que, segundo a legislação aplicável, tenham preparo psicológico para acessá-lo.

Fica terminantemente proibido o acesso a esse material por aqueles que não cumpram tais requisitos.

Clicando em FORTES, você declara expressamente que é maior de idade e tem plena capacidade para acessar esse material.

Caso você não atenda a algum dos requisitos anteriormente expostos fica obrigado a clicar em LIVRES ou no BOTÃO FECHAR [X] no canto superior desta janela.