Operação é deflagrada para prender acusados de homicídios em Eunápolis

Prisões ocorreram durante a Operação Alvorada, da Polícia Civil

Redação RADAR 64
Publicado em 13/09/2018 às 08h30
Foto:  
Ivanildo teve prisão decretada pela justiça; ele é acusado de matar mecânico no bairro Arnaldão

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE
EUNÁPOLIS - Foi preso quarta-feira (12), na cidade de Eunápolis, um dos acusados de matar o mecânico Fábio Neres Santos, 35 anos. Com prisão preventiva decretada pela justiça, Ivanildo de Jesus Santos, 30 anos, foi preso por agentes da Polícia Civil, durante a Operação Alvorada.

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo as investigações, Fábio foi atraído ao bairro Arnaldão, em fevereiro, para receber uma dívida por um serviço prestado, mas acabou baleado na emboscada. O mecânico chegou a ficar internado por quase quatro meses, mas não resistiu aos ferimentos.

Na mesma ação, foi apreendido um jovem que, conforme a polícia, participou do assassinato do vendedor Mateus Santos Aquino, de 21 anos, em abril de 2016. Ele foi atingido por tiros dentro da loja onde trabalhava, na Avenida Luís Eduardo Magalhães, às margens da BR-101, no bairro Moisés Reis. O crime teve a participação de uma segunda pessoa.

Foto: Arquivo / RADAR 64 
Mateus Santos Aquino, 21 anos, foi morto dentro da loja onde trabalhava; crime ocorreu em abril de 2016

TEXTO SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO
Quando teve o mandado de internação provisória expedido pelo juiz da 1ª Vara Crime, Otaviano Andrade Sobrinho, o acusado ainda era menor de idade. Hoje, ele se encontra com 18 anos. Como o ato infracional ocorreu ainda na adolescência, a polícia não pode divulgar o seu nome, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente.

“Mesmo já tendo atingido a maioridade penal, ele vai cumprir medida socioeducativa em um centro de ressocialização para adolescentes com conflito com a lei, por cerca três anos”, esclareceu o delegado Moisés Damasceno.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018