Publicado em 17/04/2011 às 18h28, atualizado 18/04/2011 às 23h52

Pescadores indígenas comemoram chegada de embarcações

Por Diretoria de Comunicação/SCC

Foto: Divulgação 
Pescadores indígenas comemoram chegada de embarcações
CABRÁLIA - A programação dos XI Jogos Indígenas Pataxó reservou um momento especial na manhã deste sábado (16) para que os pescadores da tribo recebessem as duas embarcações completas de pesca oceânica, concretizando um antigo anseio da comunidade pesqueira local.
Galeria de Fotos

A chegada dos barcos é resultado da parceria entre o município de Santa Cruz Cabrália e o governo do estado, que através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) investiu R$ 400 mil, por intermédio do projeto Pescando Renda, criado para garantir a geração de renda e melhorar a qualidade de vida das famílias que vivem da pesca e aquicultura.

A solenidade de entrega dos barcos contou com a presença de várias autoridades, entre elas o Deputado Bira Coroa, Carlos Brasileiro (secretário da Sedes), Geraldo Aquino (coordenador do projeto Pescando Renda), além do prefeito Jorge Pontes, cacique Aruan, Cláudio Mendes Xêpa (diretor municipal de pesca) e representantes da Fundipesca e da APIP (Associação dos Pescadores Indígenas Pataxó).

As embarcações APIP I e APIP II são totalmente equipadas, com viveiro para isca viva, geladeira (urna isotérmica) com capacidade para três toneladas, cozinha, banheiro, dormitório, guincho de pesca para espinhel, bússola, coletes salva vidas, defletor de radar, GPS para 12 canais, ecossonda com transducer e rádio VHF com 52 canais. Cada embarcação tem capacidade para oito tripulantes.

O prefeito Jorge Pontes parabenizou a comunidade indígena pela conquista, ressaltando a seriedade do governo do estado com os projetos de inclusão social, que tem levado benefícios à população através de parcerias como esta, firmada com a APIP.

Testemunha da luta da comunidade Pataxó para conseguir as embarcações, o Deputado Bira Coroa destacou a importância da organização das lideranças indígenas e o compromisso da prefeitura de Cabrália com a atividade pesqueira, fundamentais para que este ato fosse realizado. “Esta conquista passa a ser um referencial para que outras comunidades indígenas também conquistem ações no governo estadual. Os índios Pataxó estão de parabéns”, concluiu.

A documentação dos barcos passou das mãos do coordenador do projeto Pescando Renda para o secretário da Sedes, que entregou ao presidente da APIP, Aloísio Oliveira. “Esta é uma luta de todos nós. Os barcos estão aqui para que possamos trabalhar e fazer a diferença em nossa comunidade”, declarou o pescador.

Aloísio foi um dos cinco índios que participou da capacitação para o uso das embarcações. A partir de agora, ele passa a ser responsável por repassar aos seus colegas pescadores tudo o que aprendeu no curso, como navegação oceânica, manusear equipamentos náuticos, funcionamento e manutenção de motores, carta náutica, uso do GPS e manutenção de fibra de vidro. Além da capacitação, também foi criado um Fundo de Inclusão Social (FIS), o que vai assegurar a sustentabilidade do projeto.

Após a solenidade, autoridades, lideranças e convidados tiveram a oportunidade de conhecer as embarcações e participarem de uma viagem em torno do ilhéu de Coroa Vermelha.

 
AVISO: O conteúdo de cada comentário nesta página é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RADAR64 2007 - 2014

Mensagem enviada com sucesso!

Sua mensagem foi enviada ao RADAR 64 e responderemos a ela o mais breve possível.

O RADAR 64 agradece o contato,

Logo RADAR64

Caro visitante,

Nós do RADAR 64, disponibilizamos este canal de comunicação direto entre você e a nossa redação para atendê-lo da melhor forma possível.

Suas dúvidas, críticas e sugestões são elementos importantes para o aperfeiçoamento e qualidade do nosso portal de notícias.

Preencha o formulário desta página ou entre em contato através das opções descritas abaixo.