Por que plantar eucalipto é um bom negócio? veja o que dizem especialistas

Em comparação com outras culturas, floresta plantada é mais rentável

Da Ascom
Publicado em 20/12/2018 às 08h46
Foto: Divulgação 

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE
EUNÁPOLIS - O setor florestal do mundo todo planeja expandir a área de florestas plantadas por meio do fomento. De acordo com especialistas, isso traz grandes oportunidades para o crescimento do fomento no Brasil. São cerca de 9,7 milhões de hectares de florestas plantadas, 4% delas pertencentes a 11,7 mil fomentados. Em Eunápolis, a Veracel Celulose abriu a oportunidade para o ingresso de novos produtores no Programa Produtores Florestais.

TEXTO SEGUE DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por que plantar eucalipto é um bom negócio? Essa questão foi debatida durante o 13º Encontro de Produtores Florestais da Veracel realizado no dia 06 de dezembro. No Sul da Bahia, o plantio de florestas de eucalipto vem se destacando cada vez mais como um excelente negócio em comparação às outras culturas como a do feijão, banana, mamão e até agropecuária - levando em conta os custos de manutenção gerados por cabeça de gado.

Segundo o gerente da Consufor - Consultorias de Negócios e Estratégias, Eugenio Pitzahn Júnior, um estudo realizado na região para comparar a rentabilidade do eucalipto com outras atividades apontou que, nos últimos cinco anos, o eucalipto proporcionou resultados bem mais rápidos que as culturas acima citadas. “Mesmo com as interferências climáticas, a cultura do eucalipto não perde a produtividade”, destaca Pitzahn.

TEXTO SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO
RETORNO GARANTIDO - Os 11,7 mil fomentados da área florestal brasileira detêm quase 900 mil hectares de áreas com mais de 420 mil hectares plantados, sendo 38% de eucaliptos e 68% de pinus. Toda essa produção tem destino certo para atender a demanda de empresas, como a Veracel, que utilizam a madeira de reflorestamento como matéria prima. “O setor florestal evoluiu muito nos últimos anos e beneficiou o produtor dando garantias e auxílio na produção e escoamento da madeira”, reforça Pitzahn.

Foto: Divulgação  

Esses benefícios são destacados pelo produtor florestal Otacílio Caldeira Júnior, que está associado ao Programa Produtor Florestal (PPF) da Veracel há mais de três anos. “O eucalipto é muito interessante e rentável. E fazer parte do programa de fomento da Veracel nos garante a assistência técnica necessária e, inclusive, o apoio financeiro nesse investimento que não é pequeno”, ressalta.

PROGRAMA DE FOMENTO DA VERACEL - O Programa Produtor Florestal (PPF) da Veracel Celulose existe há 15 anos e conta hoje com 97 produtores florestais com os quais a empresa compartilha tecnologia e assistência técnica durante todas as etapas desde o plantio até a colheita do eucalipto. Além disso, a Veracel antecipa recursos para a implantação e manutenção do projeto. O contrato de fomento com a empresa garante a compra de 97% da madeira produzida, os 3% restante o produtor decide o destino, podendo vender no mercado local ou a própria empresa.

Foto: Divulgação  

O diretor florestal da Veracel, Moacyr Fantini, destaca que a Veracel já investiu cerca de 400 milhões de reais em negócios com os fomentados. “Esses números são referentes ao que a Veracel desembolsou para ter milhões de metros cúbicos de madeira. Esse recurso é compartilhado com os produtores e, por sua vez, movimenta a economia na região”.

Anualmente, a Veracel reúne os produtores rurais do PPF e empresas parceiras com o objetivo de trocar experiências, informações e fortalecer o diálogo. “Queremos que os produtores aprendam com os acertos e desafios. A troca de experiências e a integração entre eles e a Veracel é muito proveitosa para ambos os lados”, diz o gerente de silvicultura da Veracel, Walter Coelho.

Buscando expandir o fomento na região, a Veracel reabriu a inscrição para proprietários de fazendas interessados em participar do Programa Produtor Florestal. Mais informações pelos telefones (73) 3166-8716 ou 3166- 8047.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018