Prefeito decreta emergência, mas contrata banda por quase R$ 60 mil

Publicado em 11/01/2017 às 09h39
Por Redação, com informações da TV Santa Cruz e A Gazeta
Foto: Reprodução/TV Santa Cruz
Francisquetto disse que encontrou problemas graves na Saúde e Educação

ANÚNCIOS

O novo prefeito do município de Itabela, Luciano Francisquetto (PRB), decretou situação de emergência após assumir a gestão e afirmar que recebeu a administração pública com graves problemas, principalmente nas áreas da Saúde e Educação.

O decreto permite que, em um período de três meses, a gestão faça compras, obras e contrate de serviços sem licitação.

O curioso é que, no dia seguinte, o prefeito resolveu contratar, por meio de contrato da modalidade de inexigibilidade, pelo valor de R$ 58 mil, a banda Parangolé para realizar um show na cidade, em comemoração à final do Campeonato intermunicipal, disputada domingo passado entre as seleções de Itabela e Itaberaba. A contratação foi feita mesmo com a possibilidade de a seleção local ser derrotada, o que acabou acontecendo. Ainda assim a festa foi realizada.

Luciano Francisquetto disse que encontrou na unidade pastas vazias e computadores sem informações. Ele diz que não foram encontrados relatórios ou documentos sobre a gestão anterior, inclusive nas secretarias. "Esse decreto pode durar até 90 dias, mas também pode acabar antes", destaca Francisquetto.

A reportagem tentou contato com o ex-prefeito de Itabela, Júnior Dapé, mas não conseguiu. O ex-coordenador do gabinete, Jorge Leones, diz que a transição foi feita até o dia 31 de dezembro e que o gabinete do prefeito foi entregue sem pendências. Ele disse ainda que não pode responder pelas outras secretarias.

 
AVISO: O conteúdo de cada comentário nesta página é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Leia termos de uso

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.