Publicado em 08/11/2009 às 18h48, atualizado 09/11/2009 às 21h00

Provável disputa por corpo leva a morte de agente funerário

Por Mário Bitencourt, do A Tarde

Foto: Reprodução/RADAR64 
Agente funerário Juan foi morto a tiros
PORTO SEGURO - A disputa por um corpo é a causa mais provável para o assassinato do agente funerário Ruan Carlos Volpato, 24, da Funerária Pax do Brasil, ocorrido na noite deste sábado, 7, no bairro Cambolo, em Porto Seguro.

O proprietário da Funerária Castro Alves, identificado apenas pelo prenome Adriano, é apontado como autor dos dois disparos de revólver que mataram Ruan Carlos, e está foragido. O caso está sendo investigado pelo delegado José Hermano Costa Carvalho.

Policiais civis informaram que o delegado fazia diligências na manhã deste domingo com o objetivo de desvendar o crime. O corpo de Ruan Carlos permanece no Instituto Médico Legal (IML) de Porto Seguro e deve ser liberado no início da tarde.

Máfia - O suspeito do homicídio seria companheiro de uma mulher de prenome Sueli, ex-esposa do policial civil Cláudio dos Santos Bispo, preso há dois meses na Corregedoria da Polícia Civil da Bahia por participação na “máfia das funerárias” de Porto Seguro.

Também são apontados como integrantes da máfia o ex-secretário de Agricultura e Pesca de Porto Seguro, Robson Roberto Oliveira Santana e os “laranjas” Ricardo Amaral e Neurimar Rehem de Souza. Eles estão foragidos.

Os integrantes da máfia são acusados pelo Ministério Público Estadual de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, concussão – termo utilizado para crime de extorsão cometido por funcionário público – tráfico de influência e fraude em licitações. Eles tiveram suas contas bancárias e todos os bens bloqueados pela Justiça.

 
AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

Newsletter RADAR 64
Receba nossas notícias por e-mail
Aceito receber e-mails do RADAR 64 e parceiros
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Você já receberá nosso próximo envio.
Clique aqui se quiser cadastrar mais um e-mail.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RADAR64 2007 - 2014

Mensagem enviada com sucesso!

Sua mensagem foi enviada ao RADAR 64 e responderemos a ela o mais breve possível.

O RADAR 64 agradece o contato,

Logo RADAR64

Caro visitante,

Nós do RADAR 64, disponibilizamos este canal de comunicação direto entre você e a nossa redação para atendê-lo da melhor forma possível.

Suas dúvidas, críticas e sugestões são elementos importantes para o aperfeiçoamento e qualidade do nosso portal de notícias.

Preencha o formulário desta página ou entre em contato através das opções descritas abaixo.