Publicado em 16/09/2012 às 23h52

Jaques Wagner defende: 'Valério não esteve com Lula'

Por Vagner Magalhães/Portal Terra

SÃO PAULO - O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), defendeu do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva das supostas acusações publicadas na revista Veja, durante almoço que reuniu dirigentes petistas no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo, neste domingo. A revista havia publicado, através de fontes não citadas, que Lula só não foi envolvido no mensalão por não ser citado por ele próprio, José Dirceu ou Delúbio Soares. Jaques Wagner disse desconhecer relações próximas entre Valério e o ex-presidente.

"Eu tenho a certeza que Marcos Valério nunca esteve na Granja do Torto e nem no Planalto com o Lula, isso eu posso garantir", afirmou, lembrando que na época ele era ministro das Relações Institucionais.

O governador disse ainda que já houve o julgamento político do mensalão na reeleição do Lula, em 2006, nas eleições municipais de 2008 e na de Dilma Rousseff em 2010, e que o julgamento não deverá trazer grandes prejuízos às campanhas das coligações petistas.

"Foram três julgamentos eleitorais, e neste momento, não há nada de novo além de tudo que já se sabia. É duro, um processo de sofrimento, mas não deve trazer nada de novo para essa eleição. Tudo que é demais é sobra. Se você salga demais, fica intragável para o povo", disse ele, afirmando que a oposição tenta "temperar" demais a história.

Rui Falcão, presidente nacional do PT, também se pronunciou e disse que não vai tomar nenhuma medica contra a publicação. "Não vamos tomar nenhuma atitude quanto a isso", afirmou, em nome do partido.

Alexandre Padilha, ministro da saúde, também minimizou os possíveis problemas do julgamento em época de campanha eleitoral. "As eleições municipais são descoladas do tema. Acreditamos na capacidade do Supremo e da Corte. A população, neste momento, não está olhando para isso. Ela quer que os problemas mais agudos das cidades sejam resolvidos."

O advogado de Valério já havia negado anteriormente que seu cliente tinha dado entrevista à revista e que o teor das acusações fossem verdadeiras.

 
AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

Newsletter RADAR 64
Receba nossas notícias por e-mail
Aceito receber e-mails do RADAR 64 e parceiros
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Você já receberá nosso próximo envio.
Clique aqui se quiser cadastrar mais um e-mail.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RADAR64 2007 - 2014

Mensagem enviada com sucesso!

Sua mensagem foi enviada ao RADAR 64 e responderemos a ela o mais breve possível.

O RADAR 64 agradece o contato,

Logo RADAR64

Caro visitante,

Nós do RADAR 64, disponibilizamos este canal de comunicação direto entre você e a nossa redação para atendê-lo da melhor forma possível.

Suas dúvidas, críticas e sugestões são elementos importantes para o aperfeiçoamento e qualidade do nosso portal de notícias.

Preencha o formulário desta página ou entre em contato através das opções descritas abaixo.