2º Festival de Aves acontece de 30 de maio a 1º de junho

Observação de aves e palestras fazem parte da programação do evento

Redação RADAR 64, com informações da Ascom / Veracel
Publicado em 23/05/2019 às 09h32
Foto: Divulgação / Prisicilla Sales 
Crejoá é uma das aves mais belas do Brasil e está ameaçada de extinção

PORTO SEGURO - Nas áreas conservadas do Sul da Bahia, existem centenas de espécies de aves, algumas delas até mesmo ameaçadas de extinção, como o urutau-de-asa-branca, o chauá e o anambé-de-asa-branca.

O festival tem o objetivo de sensibilizar sobre a importância da conservação da natureza, usando as aves livres como principal atrativo. “É uma forma lúdica de envolver a população local e os turistas que visitam a região para que eles também se tornem defensores dessa causa”, explica a coordenadora do evento e analista ambiental da Veracel, Priscilla Sales.

O festival acontece de 30 de maio a 1º de junho na Cidade Histórica de Porto Seguro, é gratuito e contará com atividades de educação ambiental como oficinas, contação de histórias, jogos e exposição de fotografias.

Também serão realizadas palestras sobre “Prejuízos da caça ilegal de animais silvestres” e “Análise da biodiversidade de avifauna na região de Porto Seguro”. Ainda como parte da programação, tem a observação de aves, atividade desenvolvida há mais de dois anos na região que já atraiu mais de 700 pessoas de diversos países para a RPPN Estação Veracel.

O 2º Festival de Aves é uma realização da RPPN Estação Veracel, Parque Nacional do Pau Brasil, Refúgio de Vida Silvestres do Rio dos Frades, RPPN Rio do Brasil e da Universidade Federal do Sul da Bahia. O evento também conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Porto Seguro.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018