Acusado de manter turistas reféns por 7h é preso em Itaporanga

Crime ocorreu em fevereiro de 2017, na Praia do Espelho, em Trancoso

Redação RADAR 64
Publicado em 07/08/2019 às 08h34
Foto: Divulgação PC 
Márcio foi preso acusado de assaltar casa de turistas na Praia do Espelho

PORTO SEGURO - Foi preso na segunda-feira (05), no município de Porto Seguro, um homem acusado de participar de um assalto a uma casa de luxo localizada na Praia do Espelho, em 2017, quando manteve os proprietários, um casal de turistas do Rio de Janeiro, reféns durante cerca de sete horas.

Segundo a polícia, Márcio de Lisbôa Silva Santos, 27 anos, foi preso na localidade de Itaporanga. Segundo as investigações, ele ficou escondido em Itabuna durante um ano após o crime.

De acordo com a informação, Márcio foi identificado por meio de uma motocicleta do tio dele, que foi deixada na residência de luxo depois do assalto. Além disso, a investigação apontou que a esposa do acusado havia sido demitida pouco antes do crime por furtar e tentar sacar um cheque das vítimas.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo juiz André Strogenski, titular da 1ª Vara Crime da Comarca de Porto Seguro.

CRIME – De acordo com a polícia, Márcio é acusado de ter invadido a residência das vítimas na companhia de um comparsa, ainda não identificado, em fevereiro de 2017. De 5h às 12h, os criminosos mantiveram o casal de empresários cariocas sob a mira de uma arma.

A dupla chegou a obrigar o casal a passar a senha do cartão e um deles foi até o banco realizar um saque, que não teve o valor divulgado. O outro criminoso que ficou no imóvel interrompeu o assalto depois que um amigo das vítimas chegou ao local por estranhar o sumiço temporário do casal.

O assaltante fugiu levando um carro das vítimas, que posteriormente foi abandonado no município de Itabela. A motocicleta do tio de Márcio foi deixada na residência.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018