Acusado de matar vítimas em assaltos é preso no Hospital Luís Eduardo Magalhães

Ele estava internado desde domingo, após sofrer ataque a tiros

Redação RADAR 64
Publicado em 16/01/2019 às 17h09
Foto: RADAR 64  
Logo após receber alta do hospital, polícia cumpriu mandado de prisão contra Jhon Lenon

Jhon Lenon Silva Santos, 29 anos, foi preso terça-feira (15) pela manhã, logo após receber alta do Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro. Acusado de latrocínios, quando o roubo é seguido de morte, ele estava com prisão decretada pela justiça de Santa Cruz Cabrália - onde ocorreram os crimes - desde o ano passado.

Segundo o delegado Bruno Barreto, o acusado deu entrada no hospital no último domingo (13), após sofrer um ataque a tiros. “Cumprimos o mandado de prisão no próprio hospital e já o encaminhamos para o presídio de Eunápolis”, afirmou Barreto ao RADAR 64.

O delegado afirma que Jhon Lenon comandava a quadrilha que, em meados do ano passado, realizou uma série de assaltos em fazendas na zona rural de Santa Cruz Cabrália. Algumas vítimas foram mortas durante as ações criminosas.

Foto: RADAR 64 
Após prisão em Porto Seguro, Jhon Lenon foi transferido para o presídio de Eunápolis

Na mesma ocasião, a polícia realizou uma série de operações e conseguiu prender a maior parte da quadrilha, mas Jhon Lenon escapou em um carro roubado. O veículo foi encontrado dias depois, queimado, perto da divisa com o município de Eunápolis.

"Desde então, pedimos a prisão dele, que foi decretada pela juíza da comarca de Cabrália, Tarcísia de Oliveira", finalizou o delegado.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018