Câmara de Eunápolis aprova audiência pública para discutir recuperação da ponte do Jequitinhonha

Existe perigo iminente de total colapso no tráfego da BR-101

Redação RADAR 64
Publicado em 20/02/2019 às 15h39
Foto: Paulo Barbosa / Rota 51 
Vereador Jorge Maécio defendeu a celeridade do processo das obras de recuperaçao

A notícia de que as obras de recuperação da ponte do Rio Jequitinhonha só devem ter início depois do mês de maio de 2019 acendeu o alerta da Câmara de Vereadores de Eunápolis.

Por iniciativa do vereador Jorge Maécio (PP), o plenário da Casa aprovou, na sessão ordinária de quinta-feira (14), indicação para realização de uma audiência pública que deverá tratar do assunto.

Preocupado com a demora para o início das obras, o vereador defendeu a celeridade do processo “devido ao perigo iminente de total colapso no tráfego da BR-101, sobre a ponte, com risco de desabastecimento do sul e extremo sul da Bahia, bem como a perda de vidas”.

“Vamos promover uma audiência pública com todos os municípios da região porque não podemos deixar que aconteça uma nova tragédia anunciada no país, desta vez em nossa região”, ressaltou.

Foto: Paulo Barbosa / Rota 51  
Plenário aprovou indicação para realização de audiência pública que deverá tratar da recuperação de ponte

O vereador disse ainda que o “DNIT anunciou uma licitação, mas isso não basta porque a obra só deve começar no segundo semestre de 2019”.

Jorge Maécio, presidente da Câmara de Eunápolis, propõe construir um debate amplo “que produza uma Carta de Intenção e de Reclamações para levar aos governos federal e estadual e cobrar celeridade na obra de recuperação da ponte, com apoio de todas as prefeituras e câmaras de vereadores da região, DNIT, Ministério Público Estadual, Veracel Celulose, empresas de transportes e todos os coletivos representativos da região”, concluiu.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018