Caminhada pelo fim da violência contra a mulher é realizada em Trancoso

Roteiro incluiu ainda exercícios físicos ao ar livre

Ascom/Porto Seguro
Publicado em 29/03/2019 às 14h54
Foto: Ascom/Porto Seguro 

PORTO SEGURO - A Prefeitura de Porto Seguro, por meio da Secretaria de Saúde, desenvolveu durante o mês de março a intensificação dos serviços e ações dedicados ao público feminino, em todas as unidades de saúde, com o objetivo de reforçar a importância do cuidado e bem estar.

Luta em defesa aos direitos da mulher

Galeria de Fotos

A programação geral foi marcada pela temática de enfrentamento a todo tipo de violência contra a mulher. Para encerrar as atividades, a rede de atenção básica promoveu, na manhã desta sexta-feira, 29/03, no distrito de Trancoso, a caminhada mobilizadora de conscientização e combate aos diversos atos de violência, que diariamente milhões de mulheres são alvo.

Para a prefeita da cidade, Cláudia Oliveira, "embora, significativamente simbólico, o mês é apenas um referencial, mas essas ações, precauções e todas as medidas que resguardem os direitos das mulheres devem ser evidenciadas durante todo o ano. Fico feliz de ter iniciado em nossa gestão diversas ações marcantes e que estão trazendo grandes resutados para a saúde e a vida das mulheres", disse.

Programação

A concentração, posicionada na unidade de saúde do distrito de Trancoso, percorreu as principais ruas em direção ao Quadrado, até a casa de festa. O roteiro incluiu ainda exercícios físicos ao ar livre, ministrado por preparadores da Academia de Saúde, seguido por roda de conversa com profissionais da saúde mental, equipe do NASF, médicos, enfermeiros, comunidade local,  a fim de traçar abordagens essenciais em defesa dos direitos a vida da mulher, como prática inegociável. A manhã encerrou com a distribuição de delicioso café da manhã.

Foto: Ascom/Porto Seguro 

A diretora do programa de sistema do câncer de colo do útero e mama, Vanessa Trevisol, destacou que a mulher vítima de violência é amparada pela Lei Maria da Penha, em vigor desde 2006, onde foram criados mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar.

"Foi um evento muito importante para nossa cidade. A mulher deve ser valorizada e preservada contra os inúmeros tipos de violência. Nós, enquanto poder público, estamos envolvidos em uma engajada rede de enfrentamento contra toda e qualquer prática que ameace a dignidade da mulher, direito inviolável", declara.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018
Caminhada pelo fim da violência contra a mulher é realizada em Trancoso

AVISO IMPORTANTE

O conteúdo que você se dispõe a ver contém imagens fortes e que podem causar choque emocional. Esse conteúdo é dirigido especificamente para pessoas maiores de idade e que, segundo a legislação aplicável, tenham preparo psicológico para acessá-lo.

Fica terminantemente proibido o acesso a esse material por aqueles que não cumpram tais requisitos.

Clicando em FORTES, você declara expressamente que é maior de idade e tem plena capacidade para acessar esse material.

Caso você não atenda a algum dos requisitos anteriormente expostos fica obrigado a clicar em LIVRES ou no BOTÃO FECHAR [X] no canto superior desta janela.