Duas pessoas mortas em assalto por causa de celular em Cabrália

Uma das vítimas, que trabalhava em resort, entregou aparelho, mesmo assim foi baleada

Redação RADAR 64
Publicado em 06/03/2019 às 10h14
Fotos Reprodução 
Silvane (1º da foto), que trabalhava no La Torre, ainda chegou a entregar o aparelho

EUNÁPOLIS - Dois homens foram mortos em Coroa Vermelha, município de Santa Cruz Cabrália, em um intervalo de menos de uma hora. Os crimes, que ocorreram na noite de segunda-feira (4), foram classificados pela polícia como latrocínio - quando o roubo é seguido de morte.

De acordo com as investigações, as vítimas tiveram os celulares roubados.

O primeiro crime teve como vítima Silvane dos Santos Oliveira, idade não divulgada. Funcionário do resort La Torre, ele andava pela Rua do Telégrafo, por volta das 20h, quando foi baleado na região abdominal, mesmo tendo entregado o aparelho ao bandido.

Ele ainda chegou a ser socorrido pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos e evolui para óbito por volta das 4h30 da madrugada do dia seguinte no Hospital Luís Eduardo Magalhães.

No outro assalto, o paulista Renan de Jesus Santos, idade também não confirmada, caminhava com a mulher às margens da BR-367, perto de uma escola indígena, quando foi surpreendido por um assaltante em uma bicicleta, que queria seu celular. A mulher contou que o marido teria resistido em entregar o telefone

A polícia de Santa Cruz Cabrália abriu inquérito para apurar os crimes. Até o momento, ninguém foi preso.

WhatsApp do RADAR 64: (73) 98844-0216.
Adicione nosso número e envie vídeo, foto ou apenas o seu relato. Dica importante: grave ou fotografe sempre com o celular na horizontal (deitado). Sua sugestão será apurada por um repórter. Participe!

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018