Escola pública incentiva leitura desde a infância por meio de projeto de literatura

Ação trabalha leitura na escola e em casa pra desenvolver habilidades

Marina Caldeira / RADAR 64
Publicado em 25/07/2019 às 19h18

EUNÁPOLIS - Incentivar a leitura desde a infância com objetivo de formar adultos críticos e atuantes é o foco do projeto de literatura “Aventuras no Mundo da Leitura”, desenvolvido pelo anexo da Escola Municipal Rotary III, no bairro Moisés Reis, em Eunápolis.

Os professores desenvolvem técnicas lúdicas diárias com a finalidade de transformar os alunos em leitores. “A gente apresenta vários gêneros textuais, deixa à disposição deles [alunos], que escolhem os livros e muitas vezes a gente pega algumas histórias e contextualiza com outras disciplinas”, observou a professora do pré II, Rute Pereira Alves.

 E, mesmo no mundo digital, os professores cobram que o espaço da leitura de livros seja vigente na escola e em casa. “Como a tecnologia está bem avançada, as crianças preferem assistir vídeos e os pais acabam deixando, e esquecem a importância de ler para os filhos. Aqui na escola estamos buscando incentivar os pais a ler para seus filhos. Estamos com o projeto de mandar um livro pelos alunos para que os pais contem uma história para os filhos e eles relatem a história que leram na escola”, pontuou a professora do pré I, Elisângela Pereira da Silva.

Foto: Gustavo Moreira 
Professores desenvolvem técnicas lúdicas diárias com a finalidade de transformar os alunos em leitores

O projeto “Aventuras no Mundo da Leitura” conquistou até os familiares das crianças, que tomaram gosto pela leitura. “Eu sempre procuro livrinhos para poder estar ajudando ele. Eu não gostava [de ler] e comecei a gostar por ele. A gente sempre está lendo. É muito importante que continue esse projeto na escola para eles”, disse a mãe de um aluno, Edna Rocha Silva.

A escola pública tem papel fundamental na formação dos estudantes e com o apoio de toda a comunidade escolar consegue alcançar excelentes resultados. “Nós temos excelentes professores na escola pública, que são comprometidos e, que dentro das condições que possuem, buscam fazer o melhor trabalho. Esse projeto é uma expressão, um pouco do que é feito no dia a dia na escola, temos profissionais que diariamente se dedicam ao máximo para oferecer educação de qualidade. A gente precisa quebrar o mito de que escola publica não é boa. Tudo depende do conjunto”, explicou a coordenadora da educação infantil, Sueli Miranda.

“Fazemos um apelo para a comunidade que puder nos doar mais livros de literatura infantil para que tenhamos um acervo maior e possamos, então, dar condições às crianças de terem acesso a outros autores e outros gêneros textuais, porque a gente sabe que isso é muito importante na educação infantil”, acrescentou a coordenadora.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018