Fim da Inspetoria Fazendária em Eunápolis provoca reação do deputado Jânio Natal

Deputado informa que solicitou ao governador estudo detalhado do assunto

Redação RADAR 64
Publicado em 07/01/2019 às 09h51
Foto: Divulgação / Alba 
Jânio Natal argumenta que a arrecadação da Inspetoria Fazendária de Eunápolis supera a de Teixeira de Freitas

EUNÁPOLIS - Após o anúncio do governo do estado sobre a extinção da Inspetoria da Secretaria da Fazenda (SEFAZ) na cidade de Eunápolis, diversos setores da sociedade vêm oferecendo resistência à medida.

O deputado estadual Jânio Natal, reeleito em outubro de 2018, disse em nota que “se depender da sua atuação parlamentar o órgão não sairá da cidade”.

Representante do extremo sul na Assembleia Legislativa, o deputado explica que tem sido procurado por diversas lideranças importantes da região, preocupadas com as notícias do fechamento da Inspetoria Fazendária de Eunápolis, que passará a ser agregada a Teixeira de Freitas.

Após ouvir os protestos, o deputado informa que solicitou ao governador Rui Costa a realização de um estudo mais detalhado do assunto, visando manter a Inspetoria em Eunápolis.

CONTRÁRIO À FUSÃO

Contra a fusão, Jânio Natal argumenta que a arrecadação da Inspetoria Fazendária de Eunápolis supera a de Teixeira de Freitas, perdendo apenas para as de Vitória da Conquista e Barreiras, no interior do Estado.

Por fim, ele lembra que, pela situação geográfica, Eunápolis fica mais bem localizada para atender aos municípios da região.

DIFICULDADE

A Inspetoria da SEFAZ em Eunápolis atendia toda a microrregião – Belmonte, Cabrália, Porto Seguro, Itapebi, Itagimirim, Itabela e Guaratinga. Os contribuintes – Pessoa Física e Jurídica – dos oito municípios agora ficam sem poder negociar dívidas diretamente com a SEFAZ e resolver outras pendências.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018