Homem é acusado de agredir e estuprar ex-mulher; família rebate denúncia

Ele foi autuado em flagrante; ainda é aguardado resultado de perícia

Redação RADAR 64
Publicado em 09/09/2019 às 18h28

GUARATINGA - Acusado de agredir e estuprar a ex-mulher, um homem de 37 anos foi preso no bairro Vianão, em Guaratinga, no início da manhã desta segunda-feira (09).

Segundo a Polícia Militar, Samuel Lacerda Medeiros chegou a pular de um prédio de três metros de altura, na Rua Delecina Rosa, ao tentar fugir da guarnição, mas foi alcançado. Ele sofreu escoriações.

A polícia informou que foi até o endereço após um denunciante informar que a ex-mulher do acusado estava na residência onde mora gritando por socorro.

Conforme a informação, a vítima, de 26 anos, contou que havia sido obrigada a entrar no carro do acusado no início da madrugada e foi levada à força até uma estrada que dá acesso ao distrito de Cajuíta.

No local, a mulher teria sido agredida com um soco na boca e foi obrigada a manter relações com Samuel, apurou a PM. Após muita insistência da vítima, Samuel aceitou levá-la para casa dela.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Robson Andrade, o acusado é muito ciumento e não aceitava o fim do relacionamento, que ocorreu no fim do mês passado.

Ainda conforme o delegado, a vítima confessou que já foi agredida pelo suspeito outras vezes, mas nunca havia o denunciado.

Samuel foi autuado em flagrante por lesão corporal em contexto de violência doméstica, ameaça, estupro e sequestro combinado com a Lei Maria da Penha. Com ele foi apreendido um celular e a quantia de R$ R$1.091.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018