Jânio Natal requer acessibilidade e climatização do SAC Porto Seguro

Além do calor infernal, local não possui acessibilidade, diz deputado

Redação RADAR 64
Publicado em 14/03/2019 às 10h37
Foto: Reprodulção / Google  
Para deputado, além do calor infernal, Sac de Porto Seguro não possui equipamentos que assegurem o mínimo de acessibilidade aos portadores de deficiências

PORTO SEGURO - Preocupado com o conforto e a mobilidade dos usuários do SAC de Porto Seguro, o deputado Jânio Natal (Podemos) apresentou, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), indicação endereçada ao governador Rui Costa, ao secretário da Administração do Estado, Edelvino da Costa Góes Filho, e ao superintendente do SAC, Carlos Henrique de Azevedo Martins, pedindo adoção de medidas que facilitem a acessibilidade aos portadores de deficiências, e climatização adequada no referido estabelecimento.

Na justificativa, Jânio observa que, “com população fixa superior a 150 mil habitantes e recebendo mais de 1 milhão de visitantes ao ano, Porto Seguro é mais do que uma cidade de porte: é uma verdadeira vitrine do nosso Estado, para o Brasil e o mundo; a sua imagem confunde-se com a própria imagem da Bahia”.

Entretanto, apesar da sua importância para a população e do destaque que tem a cidade, um dos maiores points turísticos mundiais, o SAC de Porto Seguro deixa muito a desejar: “além do calor infernal que reina em suas dependências, não possui equipamentos que assegurem o mínimo de acessibilidade aos portadores de deficiências, parcela expressiva do público que o procura”, pontuou Jânio.

Por fim, o parlamentar justificou que “acessível através de escadas, o SAC de Porto Seguro representa, para os cadeirantes, uma constrangedora e difícil jornada, obrigando a que eles e suas cadeiras sejam carregados por terceiros, de boa vontade, para que possam vencer as escadas e obter o atendimento que procuram. É uma situação vexatória, que a elevada temperatura ambiente torna ainda pior”.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018