Porto Seguro investiga segundo caso de síndrome respiratória em menos de 10 dias

Resultado de exames feitos a partir de materiais genéticos deve sair em sete dias

Redação RADAR 64
Publicado em 13/02/2020 às 19h56
Foto: Reprodução 
Turista alemã está internada no Hospital Luís Eduardo Magalhães

PORTO SEGURO - Uma turista alemã está internada no Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, com quadro compatível com síndrome gripal desde a quarta-feira (12). O secretário de Saúde, Kerrys Ruas, informou à reportagem do RADAR 64 que a suspeita é de H1N1. Esse é o segundo caso investigado pelo município envolvendo estrangeiros contaminados em menos de 10 dias.

Ainda conforme a informação, materiais genéticos da turista já foram coletados e encaminhados ao Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), em Salvador. A estrangeira permanecerá em ala de isolamento do hospital até que o resultado do exame seja divulgado. O prazo é de até sete dias.

A turista chegou ao Brasil no último sábado (08). Ela desembarcou no Rio de Janeiro, onde ficou por dois dias, e seguiu para Porto Seguro. Pessoas que tiveram contato com ela nos últimos dias já passaram por análises, que descartaram a presença de sintomas do vírus.

O secretário disse que os casos de síndrome respiratória são isolados. “Essas estrangeiras já chegaram contaminadas a Porto Seguro, então são casos isolados, não quer dizer que o vírus esteja circulando no nosso município”, pontuou. A orientação é para cuidar da higiene pessoal e evitar contato muito próximo com as pessoas.

No primeiro caso, a turista alemã, de 26 anos, que foi diagnosticada com H1N1, recebeu alta no início desta  semana.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018