Porto Seguro: Secretário explica porque não teve vacina contra gripe nas unidades de saúde nesta segunda-feira

Segundo ele, é montada estratégia pra idosos não saírem de casa, pois são mais vulneráveis

Redação RADAR 64
Publicado em 23/03/2020 às 16h38
 
Foto: Arquivo  
 
 
Unidade Básica de Saúde de Arraial d'Ajuda, em Porto Seguro

PORTO SEGURO - Os idosos que procuraram as Unidades Básicas de Saúde de Porto Seguro nesta segunda-feira (23) foram informados que a vacina contra a gripe não estava disponível. A reportagem do RADAR 64 foi buscar uma explicação junto ao secretário municipal de Saúde, Kerrys Ruas.

O secretário declarou que está buscando uma estratégia para levar a vacina até os idosos – um dos alvos da primeira etapa Campanha Nacional -, para que eles não precisem ir aos postos, pois são os mais vulneráveis ao coronavírus.

"As doses desta primeira etapa já foram enviadas pelo governo do estado e estão aqui em Porto Seguro. Mas estamos estudando uma forma de fazer com que os idosos não precisem sair de suas casas", afirmou.

Kerrys Ruas destacou que a vacina contra gripe não tem eficácia contra o coronavírus. "No entanto, em virtude da pandemia de coronavírus, poderá auxiliar profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para o covid-19, já que os sintomas são parecidos", diz.

De acordo com Ministério da Saúde, nesta primeira etapa os públicos prioritários são idosos e trabalhadores da saúde. "Os profissionais de saúde já está sendo vacinados", falou o secretário de Saúde de Porto Seguro.

Diversos moradores de Arraial d'Ajuda entraram em contato com a redação do RADAR 64 logo no início da manhã. Um homem de 63 anos e a mãe dele, de 82, disseram que estiveram em uma UBS e foram simplesmente informados que a vacina ainda não estava disponível. "Neste momento, idoso precisa ficar em casa. É mais seguro. E estamos montando esta estratégia para garantir segurança total a eles", assegurou Ruas. Mais duas etapas da campanha serão realizadas para públicos diferentes.

A vacina protege contra os três vírus que mais circularam no hemisfério sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

Porto Seguro já tem oito casos identificados da covid-19. Todos os pacientes estão em isolamento domiciliar e monitorados pela Vigilância Epidemiológica.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018