Servidor público é preso enquanto registrava queixa na delegacia de Itabela

Polícia descobriu que ele era foragido da justiça

Redação RADAR 64
Publicado em 24/01/2020 às 10h49
Foto: Arquivo / RADAR 64 
Wellington é acusado de estelionato em Cruz das Almas, na Bahia; ele estava trabalhando na Prefeitura de Itabela

ITABELA - Um funcionário da Prefeitura de Itabela foi preso na manhã de quinta-feira (23), enquanto registrava um boletim de ocorrência na delegacia local. Wellington Flávio Nunes, 53 anos, foi até a polícia para denunciar que vinha sofrendo ameaça e agressão.

Mas, enquanto consultava o nome do servidor público no banco de dados, um policial descobriu que havia um mandado de prisão preventiva contra ele.

Wellington responde a um processo por estelionato em Cruz das Almas, Recôncavo sul da Bahia. A ordem de prisão foi expedida pela justiça daquele município em março de 2018.

A reportagem ainda não conseguiu apurar o tipo de golpe que ele teria aplicado. Contudo, em março de 2014, Wellington já havia sido preso, também por suspeita de estelionato. Na ocasião, a polícia informou que ele oferecia falsas vagas de emprego. Os candidatos precisavam pagar para entrar em um cadastrado.

Wellington – que havia sido nomeado para o cargo comissionado de coordenador de bairros da Prefeitura de Itabela, permanece custodiado na delegacia local. Ainda não há informação se ele será recambiado para Cruz das Almas.

SIGA O RADAR 64

RADAR 64© - Todos os direitos reservados 2007 - 2018